12 de set de 2007

Uma música para o presente momento

Por mais piegas e clichê que seja, nada como a sabedoria de Vinicius de Moraes para o momento.



Tristeza não tem fim
Felicidade sim...
A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar.
A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei, ou de pirata, ou jardineira
E tudo se acabar na quarta-feira.

Tristeza não tem fim
Felicidade sim...

2 comentários:

Maria disse...

Caetano, ontem de manha quando li no seu post "Política brasileira é uma putaria mesmo" pensei no pessimismo e conformismo ruins que muitos acusam os brasileiros (e que estranhei pelo perfil que é este blog). Mas à tarde acho que entendi melhor seu comentario e infelizmente senti a mesma coisa...

cae disse...

é maria, na real quando disse putaria quis dizzer mais o lance do fisiologismo no poder mesmo, de ceder seus ideais por qq coisa. No fim foi uma falta de respeito inclusive com as prostitutas que são, sem dúvida alguma, muito mais dignas do que muitos daqueles que estão lá no senado. Quanto ao pessimismo bem, sei lá, eu tento sempre ter o menor número de expectativas possíveis mas confesso que esperava coisa diferente no episódio renan. Decepção foi o q sobrou, mas caminhemos ...