22 de jun de 2007

Polícia Militar tentou bloquear a passagem
dos estudantes durante o protesto.

21/06/2007 15:10h

ESTUDANTES DA USP EMTRAM EM CONFLITO COM A PM


Estudantes e funcionários da USP entraram em conflito com a Polícia Militar nesta quinta-feira, dia 21. Cerca de 250 alunos e funcionários faziam uma passeata no campus Butantã, zona oeste da capital paulista (clique aqui para ver o vídeo).

No momento em que os manifestantes saíam de dentro da universidade a PM tentou impedir a passagem. Depois de passar pelo bloqueio da polícia, os manifestantes deixaram a universidade e saíram pelas ruas da zona oeste da capital paulista.

Após duas horas de caminhada, ocorreu outra confusão. Ao perceber, novamente, a presença da PM, estudantes e funcionários começaram a exigir a saída dos policiais de dentro do campus.

A presença da polícia na cidade universitária revoltou os manifestantes. O comandante da operação da PM disse que a ação foi para garantir a ordem.

A passeata, segundo estudantes e funcionários, foi uma maneira de protestar contra a ação policial na UNESP de Araraquara, interior paulista.

A polícia entrou na madrugada desta quarta-feira no campus da UNESP de Araraquara e cumpriu a ordem de reintegração de posse do prédio, que estava ocupado desde o dia 13 de junho.

O protesto desta quinta-feira também pediu a reabertura das negociações com a reitora da universidade, Suely Vilela. A reitora pediu aos estudantes uma pauta, por escrito, com as reivindicações.

Os estudantes entregaram a pauta. A reitoria chegou a marcar uma reunião que deveria ter acontecido nesta quarta-feira, às dez da manhã. Mas o encontro, que seria mediado por alguns professores da USP, foi cancelado.

Por meio da assessoria de imprensa, a reitora Suely Vilela disse que só negocia depois que os alunos desocuparem o prédio.

A sede da reitoria da USP foi ocupada no dia 3 de maio. Há cinqüenta dias estudantes e funcionários se revezam, dia e noite, dentro do prédio.

(Original em: http://conversa-afiada.ig.com.br/materias/439501-440000/439666/439666_1.html)

Nenhum comentário: